» Enfermagem

Coordenador(a)

Dr. Daniel Rodrigues Silva

Consulte o valor de investimento.

Sobre o Curso

O curso de Graduação em Enfermagem do Centro Universitário de Caratinga – UNEC é de formação generalista, humanista, crítica e reflexiva, dotando o profissional de qualificação para o exercício de Enfermagem, com base no rigor científico e intelectual e pautado em princípios éticos, sendo capaz de conhecer e intervir sobre os problemas/situações de saúde-doença mais prevalentes no perfil epidemiológico nacional, com ênfase na sua região de atuação, identificando as dimensões bio-psico-sociais dos seus determinantes. Formado, ele detém capacidade de atuar, com senso de responsabilidade social e compromisso com a cidadania, como promotor da saúde integral do ser humano, como Enfermeiro com Licenciatura, capacitado para atuar na Educação Básica e na Educação Profissional em Enfermagem.

Infraestrutura

Uma impecável estrutura está disponível à comunidade acadêmica. Cada curso dispõe de laboratórios específicos para seu aprendizado. O UNEC disponibiliza, também, o Sistema de Biblioteca Digital, com um vasto e rico acervo para acadêmicos e comunidade, espaço cultural, ginásio, auditórios, complexo desportivo e restaurante.

Área de Atuação

A formação do enfermeiro pelo Centro Universitário de Caratinga – UNEC , tem por objetivo dotar o profissional dos conhecimentos requeridos para o exercício das seguintes competências e habilidades específicas, abaixo. Ele pode atuar profissionalmente, compreendendo a natureza humana em suas dimensões, em suas expressões e fases evolutivas.

Competências e habilidades específicas:

  • Incorporar a ciência/arte do cuidar como instrumento de interpretação profissional.
  • Estabelecer novas relações com o contexto social.
  • Desenvolver a formação técnico-científica que confira qualidade ao exercício profissional.
  • Compreender a política de saúde no contexto das políticas sociais, reconhecendo os perfis epidemiológicos das populações.
  • Reconhecer a saúde como direito e condições dignas de vida e atuar de forma a garantir a integralidade da assistência, entendida como conjunto articulado e contínuo das ações e serviços preventivos e curativos, individuais e coletivos, exigidos para cada caso em todos os níveis de complexidade do sistema.
  • Atuar nos programas de assistência integral à saúde da criança, do adolescente, da mulher, do adulto e do idoso
  • Ser capaz de diagnosticar e solucionar problemas de saúde, de comunicar-se, de tomar decisões, de intervir no processo de trabalho, de trabalhar em equipe e de enfrentar situações em constante mudança.
  • Entre outras.